04jan
Expansão do Garoto Cidadão em 2023

Ao todo, cinco novas unidades do projeto da Fundação CSN foram inauguradas no último ano 

Em 2023, o Garoto Cidadão alcançou outros lugares e cresceu – foram cinco novas unidades inauguradas. No estado de Minas Gerais, Barroso, Belo Vale, Moeda e Rio Acima receberam o Garoto Cidadão. Na Paraíba, a cidade de Alhandra deu as boas-vindas ao projeto. As inaugurações aconteceram da parceria entre Fundação CSN com as respectivas cidades. 

O Garoto Cidadão chegou às quatro cidades mineiras em outubro, enquanto a inauguração em Alhandra (PB) aconteceu em novembro, aumentando nossa capacidade de atendimento para 4.000 crianças e adolescentes em 14 cidades de 6 estados brasileiros.  

Levar o Garoto Cidadão para cada vez mais lugares significa intensificar a nossa atuação junto à comunidade local e continuar transformando e impactando vidas em todos os cantos do Brasil. Todas as inaugurações em Minas Gerais contaram com a apresentação cultural da orquestra Garoto Cidadão da unidade de Congonhas (MG), que somaram público de 1.075 pessoas. Já o evento de inauguração na Paraíba contou com a presença de autoridades locais e com a apresentação musical do grupo Tambores de Aço Fundação CSN. 

Em Minas Gerais 

A primeira inauguração aconteceu em 3 de outubro, na cidade de Rio Acima e reuniu um total de 180 pessoas, incluindo o prefeito, Felipe Gonçalves Santos; Maria Do Socorro Barbosa Teixeira, vice-prefeita; Luciana Alves Souza, Secretária de Ação Social; Zélia Moreira Dos Santos, Secretária de Meio Ambiente; Milton Gonçalves, Secretário de Esportes; Silvana Veloso, Secretária de Educação e Patrícia Pimenta, Secretária de Cultura. “Trata-se de um projeto inspirador. Nosso maior objetivo é fazer com que essas crianças, através das atividades socioculturais, sejam estimuladas para que se tornem os protagonistas de suas vidas. É um trabalho contínuo que veio para ficar”, ressaltou Luciana Alves.   

No dia 4 de outubro, foi a vez de Moeda receber entidades locais e a comunidade para celebrar a chegada do Garoto Cidadão, com um público de 365 pessoas. A ação teve a participação das seguintes autoridades: Décio Vanderlei dos Santos, prefeito; Maria Aparecida do Carmo Parreiras Santos, Secretária de Saúde; Lucilene  das Graças Antunes, Secretária de Educação; Natália de Jesus  Lara, Secretária Adjunta de Políticas Sociais; Ednei Antunes Amorim, Vereador Municipal; Flávio  Henrique Corrêa Coutinho, Vereador Municipal; Thais Viegas, Vice-diretora da Escola Estadual; Shanti Zumbo Coronel Guevara, Secretário de Obras; e Carlos Ferraz, Secretário de Meio Ambiente. Décio destacou que “a prefeitura se encontra grata por essa parceria, que será extremamente importante para nossas crianças e adolescentes Moedenses. Acreditamos que, por meio de experiências culturais, podemos educar e transformar nossa sociedade”.  

Já no dia 5 de outubro, Barroso deu as boas-vindas ao projeto sociocultural da Fundação CSN, reunindo 350 pessoas. Estiveram presentes o prefeito, Anderson Geraldo de Paula;  o Vereador Luiz Gonzaga Moreira; Éder Lúcio, Secretário do Desenvolvimento Social; Luciana Lima, Secretária Municipal de Assuntos Institucionais; Antônio Carlos Severo Júnior, Especialista de Responsabilidade Social da Fábrica CSN Cimentos de Barroso; Carlos Vial, Líder de Operações da CSN Cimentos; Fábio Ribeiro, Gerente Geral Fábrica CSN Cimentos de Barroso; Robson Carneiro, Coordenador de Sustentabilidade da Fábrica CSN Cimentos; Tatiana Brasil Nogueira Seckler, Coordenadora de Responsabilidade Social CSN Cimentos. “O Garoto Cidadão vem se somar aos outros programas sociais que também implantamos como forma de promover cultura e esporte aos nossos jovens. É um projeto fundamental para a formação cidadã das pessoas que serão o futuro de Barroso”, destacou o prefeito, Anderson de Paula.  

Fechando a agenda, no dia 6 o Garoto Cidadão chegou a Belo Vale e contou com a participação de Waltenir Liberato Soares (Nequinha), prefeito; Alessandra Pereira dos Santos, vice-prefeita; Eliane dos Santos, Secretária De Cultura; Nelzy Maia, Secretária Municipal de Saúde; Nelsimar Ferreira Rosa, Presidente da Câmara Municipal; Eduardo Oliveira, Controlador Geral do Município; e Lívia Leão, Secretária Municipal de Assistência Social. “Nós, da Prefeitura Municipal, juntamente com a equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social, ficamos muito honrados em receber o Garoto Cidadão em Belo Vale. Tenho certeza de que as crianças, adolescentes e jovens que participarem das ações terão um futuro promissor e não mediremos esforços para ajudar no que for preciso, pois este tipo de projeto faz a diferença”, afirmou o prefeito.  

Para Magda Puygcerver, coordenadora Regional de Minas Gerais do Garoto Cidadão, as inaugurações “nos enchem de orgulho e contentamento, principalmente por oportunizar aos garotos e garotas atividades socioculturais de qualidade”. Magda explica que, nos meses que antecederam os eventos, o trabalho foi intenso para a entrega das sedes e “podemos afirmar que todo esforço foi recompensado ao ver os sorrisos e a alegria da garotada no dia. Foi algo indescritível ter as famílias relatando o quão importante estavam se sentindo com a chegada do Garoto Cidadão em suas cidades”, comenta Magda. A coordenadora comenta que as novas unidades do projeto foram preparadas para que sejam um lugar de construir memórias e transformar histórias, que estimule crianças e jovens através da cidadania, do respeito e sentimento de pertencimento.

Na Paraíba 

Realizada na cidade de Alhandra (PB), a inauguração marca a presença da Fundação CSN no município paraibano, passando a atuar junto à comunidade de Alhandra e de atores sociais da cidade. “Queremos criar o vínculo para começar a se relacionar com o município em diversas frentes, nos colocando como um ator que fortalece a rede e passa a ser fundamental”, afirma Fábio Silvestre, Gerente de Projetos da Fundação CSN. “Se relacionar com a rede de atores é fundamental porque, neste caso, o que queremos é fortalecer o eixo da curadoria de projetos”, explica Fábio. 

Helder Oliveira, Gerente de Articulação da Fundação CSN, explica que essa expansão do Garoto Cidadão, chegando ao nordeste, está alinhada ao fato de poder contribuir aos investimentos nas fábricas de cimentos da região: “por isso é importante, à medida que a CSN expande os negócios para o nordeste nas fábricas de cimento, que o Garoto Cidadão possa estar como o braço social desse grupo tão grande como é o Grupo CSN, para fortalecer ainda mais os vínculos com as comunidades locais”. Helder ressalta, também, que, para a Fundação CSN, “é uma honra chegar ao município ao passo que aumentamos nossa área de atuação nas regiões do brasil”. Hoje, o Garoto Cidadão está em estados do sul, sudeste, centro-oeste e nordeste brasileiros. 

Para o prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues, “o Garoto Cidadão é mais do que um projeto cultural, é um investimento no futuro de Alhandra. Estamos comprometidos em proporcionar experiências enriquecedoras para nossas crianças e adolescentes, promovendo não apenas o desenvolvimento artístico, mas também a inclusão social e a construção de cidadãos conscientes e ativos em nossa cidade. Essa iniciativa reflete nosso compromisso com a formação integral da juventude alhandrense. Agradecer também a parceria da CSN Cimentos, que traz essa importante ferramenta de cuidado com o futuro da nossa cidade”. 

O prefeito afirma, ainda, que o Garoto Cidadão chega para abrir portas e transformar vidas em Alhandra: “é um instrumento de construção de cidadania e inclusão social para nossas crianças e adolescentes. Estamos ansiosos para testemunhar o impacto positivo que terá em nossa cidade, fortalecendo a sociedade e criando oportunidades que moldarão um futuro mais promissor para nossos jovens”. 

A abertura da nova sede do Garoto Cidadão possibilita o desenvolvimento sociocultural ainda maior de educandos e educandas, facilitando o acesso ao teatro, à música, dança, artes visuais e cênicas. Ao final, grupo musical Tambores de Aço Fundação CSN se apresentou com um repertório de músicas da banda inglesa The Beatles. 

Sobre o Garoto Cidadão 

Em atividade desde 1999, o Garoto Cidadão é um projeto estratégico para a Fundação CSN e já tem uma história que fala por si só. Atualmente, o projeto está presente em 14 cidades de 6 estados brasileiros, atendendo milhares de crianças e adolescentes para exercerem o protagonismo jovem em um espaço que, além de oportunizar o contato com a cultura em suas mais diferentes formas, promove debates sobre garantia de direitos.  

O Garoto Cidadão busca promover a inclusão social e o desenvolvimento educacional, sociocultural e emocional, tem uma história que fala por si só ao proporcionar vivências de cidadania ativa para crianças e jovens nas comunidades. Ao longo da trajetória do projeto, mais de 10 mil educandos e educandas já participaram do projeto e desenvolveram autonomia para se tornarem protagonistas de suas próprias vidas.  

A expansão do Garoto Cidadão pelo território nacional, com abertura dessas novas unidades significa possibilitar o desenvolvimento sociocultural ainda maior de educandos e educandas, facilitando o acesso às mais diversas formas de expressão artística. “O que me impressionou foi a troca de olhares admirados entre as crianças que, agora, irão fazer parte do Garoto Cidadão e os meninos e meninas que já estão mais experientes e orgulhosos por estarem num outro estágio do projeto, se apresentando para aqueles que estão chegando”, relata Monica Fogazza, presidente da Fundação CSN.  

Monica reforça que a Fundação CSN acredita no potencial do Garoto Cidadão e que o objetivo é que cada vez mais crianças e jovens participem do projeto. “Vamos continuar fazendo com a mesma qualidade, com a mesma dedicação que a gente sempre fez”, ressalta. Ainda durante as inaugurações, a comunidade marcou presença, entre pais e filhos, e se mostrou feliz em receber o projeto. “As crianças estavam muito animadas, vestindo o uniforme do Garoto Cidadão e já muito orgulhosas de participarem”, comenta a presidente da instituição.  

A Fundação CSN vem reforçando, cada vez mais, sua metodologia de experiência sociocultural pautada no protagonismo e no desenvolvimento de competências de crianças e jovens, para que se tornem sujeitos da própria transformação.